nov 18 2008

Gengibre – post “de voz”

Categorias: midias,tecnologiaSuzana Gutierrez @ 16:40

Uma mistura de twitter em áudio com ‘blog de voz’ é o Gengibre. Vinculado à Claro, faz parte das brincadeiras da operadora para gastarmos mais.

Li sobre o Gengibre no blog do Sérgio Lima, que o chama de micro-podcast e o investigou bem melhor do que eu. Em resumo, é um site que armazena mensagens de voz gravadas via telefone móvel. Tem uma estrutura semelhante ao Twitter: você se cadastra, grava as suas mensagens e pode “seguir e ser seguida”. Só que a mensagem custa uma ligação local de celular para celular.

Vi uma utilidade imediata: personalizar algum aviso ou explicação. Nada como dar um tom especial em alguma ord, digo, recado para meus atletas do basquete. ((Dá para ‘embebedar’ no blog))

Aliás, foi o que timidamente eu fiz, só para testar o gengibre.

Saiba mais e melhor lendo as postagens do Sérgio:

mais sobre o Gengibre
espremendo o Gengibre (<< bah, este título não cai bem aqui no sul)

* não achei nenhuma explicação no site sobre armazenamento e arquivos.

Tags: , , , , ,


nov 11 2008

ABCiber

Categorias: cibercultura,eventosSuzana Gutierrez @ 06:55

Estou assistindo (via web, twitter, blogs) o II Simpósio da Associação Brasileira de Pesquisadores em Cibercultura. A programação é bem variada e os artigos estão disponíveis.

As transmissões não estão muito boas, como quase sempre acontece em eventos assim. Nem sempre a tecnologia coopera. E o analógico costuma se vingar nestas ocasiões.

Interessante o acompanhamento via Twitter. Alguns parceiros de twitagem: @raquelrecuero, @liliansta, @adriamaral estão transmitindo pequenos flashs das palestras e esclarecendo aquilo que perdemos na transmissão. Junto com isso vem o comentário, a conversa sobre os temas desenvolvidos.

E, acionando o #abciber nas conversas, logo o meu twitter começou a receber followers. Informação contamina.

O que me chama a atenção é a permeabilidade dos diversos espaço-tempos envolvidos: estou sentada na sala, laptop no colo, escrevendo este post, conversando com meu filho, ouvindo a palestra (mal), televisão ligada no resumo esportivo do futebol da semana e, incrivelmente, pensando. << Isso aqui é um campo de estudos e tanto. Esta divisão, ou seria hibridação, da atenção e suas consequencias.

(depois eu continuo)

Tags: , , ,


fev 08 2008

Acompanhe a CPARTY pelo TWEMES

Categorias: comunicação,eventosSuzana Gutierrez @ 05:50


O Twemes reúne todos os twitters que estão falando do mesmo assunto.

Canais (tags) como #cparty, #Barcamp ou #oquevcquiser podem ser monitorados pelo site ou por rss.

URL do #cparty

Feed do #cparty

m4s0n501

Tags: , , ,


jan 28 2008

Tweetmeme

Categorias: recursos,tecnologiaSuzana Gutierrez @ 13:31

Lançado o Tweetmeme, que agrega as postagens do Twitter, categoriza, divide em tópicos gerais como blogs, vídeo, imagens. As postagens e links que se repetem vão mostrando os conteúdos mais influentes. Distribui por rss :)

A mensagem de lançamento no blog do tweetmeme:

I am pleased to announce the launch of a new service tweetmeme. I have started using twitter a lot more recently to find out what is ‘going on’ and many people who I had discussed twitter with were saying the same thing. What I believed was missing was a way to spot content that is posted on twitter and work out what is popular.

Thus tweetmeme was born, put simply it watches what is going on within twitter and picks up anyone posting links to content. We then track how many other mentions of the same content are made (and how influential they are.) and present them in a simple format.

And because the content that is posted on twitter is of a very wide content we also broadly categorize it, these are broken down into blogs / video / images / audio.

Tags: , ,


jan 27 2008

Mais sete links para navegar e guardar

Categorias: links,recursosSuzana Gutierrez @ 06:03

* Comiqs – aplicativo web para criar histórias em quadrinhos

* igThemer v0.1a – aplicativo para criar temas para o IGoogle

* ChatMaker – apicativo web que cria chats facilmente

* Descubra como criar Temas para iGoogle

* Algumas dicas sobre cavalos-de-tróia no Orkut - segurança na internet

* Bitácora de Aníbal de la Torre – Presentaciones con Google – tutorial para fazer apresentações usando o Google docs

* Ultimate guide to Twitter – guia para usar o Twitter (jornalismo)

Tags: , , , , , , ,


jan 21 2008

Twitter, don’t believe the hype…

Categorias: tecnologiaSuzana Gutierrez @ 11:17

Nos últimos dias tenho lido mais postagens sobre o twitter do que as twitagens de meus companheiros de twitter. Para quem não sabe, o twitter é um aplicativo web de microblogging a partir da pergunta inicial “o que você está fazendo?, ou seja, faz mini postagens que uma rede de pessoas que decidem lhe acompanhar. E você, por sua vez, vai ler as micro postagens daquelas pessoas que você está acomapnhando.

E, nas postagens sobre o twitter que ando lendo, é possível constatar a construção de uma “cultura twitter”, na qual cada dia alguém descobre, intui, fuça uma forma de usar o twitter.

A apropriação da tecnologia é uma coisa que transcende a hype. Quando a coisa está na boca de todo mundo a gente vai lá, se inscreve, instala, usa. Aí vem as desistências rápidas, quando o cara não entende ou entende e faz um julgamento sumário; tem as desistências médias, quando a pessoa usa um tempinho e abandona sem muitas considerações. Bom, … eu penso que o twitter ainda não chegou no estágio de ter aquelas desistências muito pensadas, discutidas, avaliadas,…

Eu fiquei na desistência média. Me inscrevi na primeira onda, usei um tempinho e larguei. Faz um tempo que voltei, meio que na obrigação, para ver para onde ia a coisa toda. E notei alguma mudança minha em relação ao uso. Observei os demais e me parece que achei uma tendência se criando.

Mais forte que a pergunta original do Twitter: “o quê você está fazendo?” eu estou vendo as pessoas responderem com o que está acontecendo. E aí o twitter assume na rede uma possibilidade de rapidamente disseminar informações relevantes sobre temas de interesse geral.

Hoje mais cedo li e comentei este post da Raquel sobre o Twitter e, em seguida, sou chamada a ler a resposta de um outro comentário meu sobre microblogging feita na postagem em que a Renata do Yahoo Busca Educação deu seguimento ao meme das Previsões para a Aprendizagem em 2008.

Nestes dois comentários eu descrevo esta minha reaproximação com o twitter e estes recentes achados sobre a apropriação que individualmente e socialmente começamos a fazer da tecnologia.

Falo, especialmente que, sobre o Twitter, precisamos esperar. Dar um tempo e ver como as pessoas se apropriam da coisa. Por exemplo, o Orkut criou os testimonials para que as pessosas falassem umas sobre as outras ou fizessem declarações públicas em relação ao amigo.

Porém, os usuários descobriram uma nova forma de usar o testemunho: para enviar informações privadas. Informações que não desejam que sejam, de jeito nenhum, públicas. Isso é possível porque o testimonial tem que ser aceito por quem o recebe e pode, no seu texto, conter a orientação para que seja lido, mas não seja aceito. Aceitar significa publicar, no caso.

Esta é uma prática comum que observo entre os meus alunos. Lá nos recados (scraps) vêm a solicitação me manda por testemunho, o que significa, me manda em segredo.

O Twitter vai passar certamente por estas adaptações e apropriações criativas.

Um pouco do que andei lendo sobre o twitter:

Ficam aí as referências para a Gabriela, aluna da Raquel que está investigando o Twitter.

Tags: , ,


« Página Anterior