dez 19 2010

cogumelos !

Categorias: rastrosSuzana Gutierrez @ 20:07

perfumes & sabores

perfumes & sabores

Nada como ter tempo para inventar!

Ontem fui comemorar o doutorado com os meus filhos num restaurante de cozinha japonesa. Comemos ótimos pratos, irreprensivelmente preparados à vista. O restaurante é pequeno, com preços acessíveis e fica aqui pertinho de casa. Fomos a pé, depois de brindar com o meu presente especial, que eu estava guardando faz tempo.

Dormi relendo um dos meus muito-relidos “Agatha Christie”. Nada mais calmante que uma história conhecida e apreciada 🙂

O domingo me encontrou com disposição para (de forma muito leve) mexer nos blogs. Atualizei o blog do basquete e este aqui, também.

Tudo que vivenciei no doutorado me motiva a considerar este tipo de atualização, nem sempre “relevante”, como muito oportuna 🙂

Seguindo o clima  inventei uma receita. Aí vai a receita :

Cogumelos ………………. (ainda não batizei) (para uma pessoa)

– 2 cogumelos dos bem grandes

– 2 rodelas de beringela

– 1/2 cebola grande

– queijo Gouda ou outro

– 1/2 colher de chá de manteiga trufada

– sal, azeite, pimenta preta, noz moscada, herbes de provence.

Em um refratário pequeno, coloque um fio de azeite e espalhe. Coloque duas ‘barquinhas’ de cebola. Dentro delas coloque a copa do cogumelo com a parte concava para cima e sem o talo. Pique os talos com mais um pouco de cebola, misture com os cubos de queijo e recheie os cogumelos. Disponha as duas rodelas de beringela ao lado dos cogumelos. Tempere tudo com uma pitada de sal e um pouco de noz moscada.

Leve ao forno virando as beringelas de vez em quando. Quando estiver cozido (uns 10 min), retire e espalhe a meia colher de chá de manteiga trufada sobre tudo. Torne a levar ao forno para derreter. Sirva pulverizando uma pitada de herbes de provence.

Infelizmente, não há fotos. Só me lembrei de escrever a receita depois do prato ter desaparecido.

Tags: , , ,


jan 06 2010

A aventura do pudim de natal

Categorias: rastrosSuzana Gutierrez @ 11:05

/say Não é uma resenha sobre o livro de Agatha Christie … É apenas mais uma das minhas histórias.

Não sou conhecida pelas habilidades culinárias, justamente o contrário. Nas festas sempre me mandam fazer algo sem muita chance de erro humano. Porém, nesta virada de ano, dentro daquele clima potencialmente hostil que antecede a festa, quando o stress chega no nível em que as pessoas te olham furiosas a uma mera sugestão, praticamente me atiraram duas latas de leite condensado e, sem nenhum tato, sentenciaram: – Faz um pudim!

As vibrações que cercavam o contexto me aconselharam a não tentar fugir. Fui para o google e pesquisei algumas receitas e descobri, pasmem, que pudim de leite é ≠ de pudim de leite condensado. Munida de algumas ideias e da minha criatividade me dediquei a tarefa. Se eu era obrigada a fazer o pudim, este seria autoral.

Pois deu tudo certo, ficou tri bom, embora tivesse ficado no fogo umas 3 horas, pois alguma coisa não solidificava.  Foi devorado em minutos e eu virei a rainha do pudim.

Mas, para escapar em 2010, voltei a velha forma e ontem, ao tentar cometer um pudim de claras:

– queimei o caramelo

– num acesso criativo, botei limão na receita para não ficar tão doce

– não reparei que havia formigas no açúcar

Pior, … o pudim ficou ótimo, com aparência de sorvete de flocos e gostinho de torta de limão. Ou seja, para a entrada em 2011, certamente terei de providenciar um formigueiro e tentar repetir todos os erros que cometi ontem.

—-

/btw sobre as formigas. Respeitando a ética, informei e solicitei o consentimento esclarecido dos comensais. Depois de um pequeno debate ficou acordado que comê-las seria menos traumático do que por fora o pudim.

/btw2 a prova do crime:

pudim de formigas

o pudim

Receita:

10 claras

20 colheres de açúcar

1 limão

açúcar para caramelar

1 pitada de sal e uma de fermento

umas 20 ou 30 formigas das bem miudinhas

——-

1  – caramelize a forma de pudim até queimar o caramelo.  Limpe a forma e comece de novo deixando um pouco do caramelo queimado grudado.

2 – Bata as claras em neve. Uma neve meio mole. Vá colocando o açúcar e as formigas batendo sem deixar virar merengue duro demais. Alternativa ecologica (?): substitua as formigas por chocolate granulado.

3 – coloque as pitadas e raspe a casca do limão na massa e misture

4 – Cate as formigas que estiverem nadando

5 – ponha tudo na forma e a forma numa panela com água. Cozinhe neste banho maria até o pudim solidificar.

6 – deixe esfriar e ponha na geladeira. Desenforme gelado.

7 – na craca que ficar na forma, esprema o limão e acrescente um pouquinho de água e leve ao fogo. Quando ficar com cara de calda, deixe esfriar e ponha sobre o pudim.

Tags: , , ,


jan 26 2009

Direto do Olimpo

Categorias: rastrosSuzana Gutierrez @ 17:33

Minhas férias estão chegando ao fim. Chega ao fim, também, o tempo de brincar de “memes e prêmios”, o tempo de rastejar pelo jardim fotografando ângulos diferentes e pequenas coisas, o tempo de por abaixo o google reader de basquete à wired e jogar conversa fora em almoços que duram a tarde toda.

Mas, … como ainda não acabou e como eu sou uma pessoa generosa, aí vai uma foto da verdadeira ambrosia. Aquelas que os deuses do Olimpo segredaram no ouvido de minha mãe.

e a receita:

ingredientes:

– 12 ovos (sendo 12 gemas + 6 claras)
– 1 kg de açúcar
– 1 l de leite
– canela em pau
– cravos da índia
– Vó Mimi

Modo de preparar:

Por no fogo o leite e o açúcar (dentro de uma panela, é claro).
Numa tigela, misture ligeiramente as claras e as gemas (sem bater)
Coloque as claras e gemas na panela e mexa.
Ao esquentar, baixe o fogo e mexa de vez em quando para não grudar.
Deixe ferver e vá mexendo muito de vez em quando (só para não grudar, repito)
Quando se formam as bolinhas, pode-se colocar o cravo e a canela. Teste o ponto pegando o ‘caldinho’ e deixando derramar. Quando este virar ‘calda’ que cai transparente e em fio, possivelmente estará pronto e com a aparência da foto.
O último ingrediente, possivelmente, é o que faz esta receita dar certo. Mas é particular, mui amado e intransferível. Então, vire-se 🙂

Tags: , , ,


dez 09 2008

Assim dá até vontade de fazer dieta

Categorias: rastrosSuzana Gutierrez @ 05:14

Eu tenho algumas reservas em relação a saborear uma refeição que esteja me encarando, mas estes pratos animados podem alegrar qualquer almoço. Eu bem que gostaria de ter um destes à disposição em certos compromissos…

cat

A receita está em Anna The Red1s Bento Factory junto com muitas outras. Achei incrível 🙂
E tem muito mais fotos no Flickr

Tags: , , ,