nov 19 2010

mil portas

Categorias: cultura,genteSuzana Gutierrez @ 21:29

casa das mil portas

casa das mil portas

Uma das coisas que quero fazer neste próximo ano é ir arrumando este blogue. Na migração que fiz, muito link ficou quebrado, texto desconfigurado, imagens ‘sumidas’. E nestes últimos dois anos foi impossível mexer, acertar estas coisas e postar os arquivos que tenho de 2002,  salvos do primeiro blog.

Vai ser algo assim com buscar o tempo. Vou brincar de Marcel Proust, sabendo que não estou fora das contingências do tempo.  E, neste processo, relembrar algumas coisas que foram muito ‘queridas’. Uma delas tem muitas portas de entrada…  🙂  Em 2005, bem antes dos microblogues, nós já escrevíamos com 50 carácteres ou menos.

Texto livre e solto, mas sem faltar poesia. Na Casa das Mil Portas, uma grande ideia do Nemo Nox,  cada vez que tu bateres, alguém vai abrir. E se for a “Su”, sou eu 🙂

Tags: ,


nov 20 2009

Dia da Consciência Negra

Categorias: cultura,movimentos sociais,mundoSuzana Gutierrez @ 11:46

Os dias disso ou daquilo geralmente encobrem o permanente esquecimendo disso e daquilo. Servem, quando muito, para dar aquele empurrão no pensamento para, quem sabe, fazê-lo pegar no tranco.  Hoje, interrompo o meu relativo desaparecimento da blogosfera para lembrar de um professor meu que se foi.  Este dia em especial é um bom dia para lembrar do Prof. Oliveira, que toda a vida lutou para que dias como este fossem todos os dias. (ou não)

Um privilégio ter sido sua aluna. Ele era um poeta, doce pessoa que se expressava assim:

ENCONTREI MINHAS ORIGENS

Encontrei minhas origens
em velhos arquivos
……. livros
encontrei
em malditos objetos
troncos e grilhetas
encontrei minhas origens
no leste
no mar em imundos tumbeiros
encontrei
em doces palavras
…… cantos
em furiosos tambores
……. ritos
encontrei minhas origens
na cor de minha pele
nos lanhos de minha alma
em mim
em minha gente escura
em meus heróis altivos
encontrei
encontrei-as enfim
me encontrei

Oliveira Silveira
Roteiro dos Tantãs

)) uma trajetória de luta, exemplo de vida.

Tags:


jul 05 2008

Arte Moderna

Categorias: cultura,lugaresSuzana Gutierrez @ 19:03

O museu de arte moderna fica no 4º e no 5º pavimento do Centre Georges Pompidou. Foi no quinto pavimento que gravei este pequeno videozinho da sala das obras de Miró. Não tive coragem de fotografar ou filmar muita coisa, pois penso que todas aquelas pessoas posando ao lado das obras e fotografando sem nem mesmo olhar (com olhos de ver)a obra é o fim mesmo.

Mas algumas coisas queremos guardar mesmo e esta é uma maneira possível, talvez por isso o ímpeto fotográfico desesperado da maioria dos turistas.

Tem de tudo no G.Pompidou em termos de arte, nas suas mais abertas acepções. Até pinturas tão minimalistas que a tela está em branco. Incoerentemente alguém assinou a obra, que é, no meu entender, de autoria coletiva da humanidade.

Mas gostei especialmente de uma seção que apresentava um diálogo entre Picasso, George Braque e Henri Laurens, com as cores, as formas, os temas se encaixando, se completando. Por exemplo: Picasso (Confidences – pintura, 1934) + Braque (Le Duo – pintura, 1937) + Laurens (Deuxs Ondines – escultura, 1933) (vou ver se acho as imagens)

Visitei, também, uma exposição especial: Traces du Sacré, que reúne pinturas, esculturas, instalações, vídeos de mais de 250 artistas. Legal, diferente e, por vezes, desestruturante.
Lá no meio uma obra de Kandinsky, Composition VI. Gosto muito da obra dele e de Kupka.
* Composition VI

Tags: , , , ,


fev 03 2008

Mudanças na cultura das novas tecnologias

Categorias: cultura,tecnologia,ticSuzana Gutierrez @ 17:37

Este é o título do texto de José Luis Molinuevo proposto como provocação ao debate no Zona Debate.

Molinuevo inicia dizendo que:

La cultura de las nuevas tecnologías está cambiando. En varios sentidos. Están
primero, y como es natural, los cambios que vienen dados por la rapidez con que
aparecen nuevos aparatos en el mercado, y que obligan a un reciclaje continuo y
acelerado de los simples usuarios y también de los expertos. Hasta cierto punto,
somos un tanto pasivos y nos sobrepasa este avance sin parar de las tecnologías. El aprendizaje no acaba nunca. Se trata de los cambios referidos al uso de las
tecnologías. En segundo lugar, parece que está cambiando la mentalidad respecto a ellas.

E segue retratando um pouco do que já observamos no sentido dos rumos do desenvolvimento das tecnologias em sua relação com a cultura, a comunicação, a educação.

É uma chamada aberta à participação.

. via TISCAR

Tags: , , ,


jul 20 2006

reciclando em arte

Categorias: culturaSuzana Gutierrez @ 05:50

Olha que lindo!

Os cortiços recriados em papelão.

Por outro lado, é a pobreza vivendo da estetização da própria miséria…

O arquiteto é Sérgio Cezar. >> informações

Tags: , ,


abr 17 2005

Uma casa com mil portas

Categorias: cultura,leituras,suzana gutierrezSuzana Gutierrez @ 12:54

A Casa das Mil Portas é projeto com centenas de microcontos escritos por blogueiros brasileiros. Um microconto é, ao menos na nossa definição, uma história em prosa contada em aproximadamente cinqüenta letras. Se parece pouco é porque é realmente pouco. Fazer um microconto é um desafio literário, uma tentativa extremamente econômica de contar ou sugerir uma história inteira. Um microconto exemplar, e possivelmente o mais famoso de todos, é do escritor guatemalteco Augusto Monterroso: “Quando acordou, o dinossauro ainda estava lá.”

Aqui, cada microconto tem sua própria página, onde aparece o texto e o nome do autor, com um link para o seu weblog. Há também um link para outro microconto escolhido aleatoriamente. Como o microconto seguinte é sempre escolhido ao acaso, pela mágica do javascript, cada visita será diferente e mostrará os microcontos numa nova seqüência. Clicando na casinha do alto da página, é possível voltar ao início e recomeçar a explorar a Casa das Mil Portas.

Assim Nemo Nox descreve o projeto, mas para saber mesmo é preciso arriscar e abrir uma das portas.

Eu andei abrindo as portas e achei até uns guardados meus. E, sobre isso, até arrisco um conto quase mínimo:

Quando a porta abriu, lá estava ele sorrindo amplo, como só os esqueletos podem sorrir.

Tags: ,


mar 08 2003

III FMS: Mídias, culturas e contra-hegemonia.

Categorias: cultura,midias,políticaSuzana Gutierrez @ 04:57

Alguns links do eixo temático do III FMS: Mídias, culturas e contra-hegemonia.

Fórum Nacional pela Democratização da Informação
América Latina em Movimento
Comitê para Democratização da Informática
Megachip
Vecam

Chegou, enfim, um tempo em que tudo o que os seres humanos haviam considerado inalienável tornou-se objeto de troca, e tráfico e pode alienar-se. É o tempo em que as coisas mesmas, que até então eram comunicadas, mas nunca trocadas; dadas, mas nunca vendidas; conquistadas, mas nunca compradas – virtude, amor, opinião, ciência, consciência etc – em que tudo, enfim, passou para o comércio. É o tempo da corrupção geral, da venalidade universal ou, para falar em termos de economia política, o tempo em que qualquer coisa, moral ou física, tendo-se tornado valor venal, é levada ao mercado para ser apreciada por seu valor adequado. (Marx, Miséria da Filosofia).

Tags: , , , ,