set 19 2007

um dia lindo!

Categorias: basquete,cmpa,rastrosSuzana Gutierrez @ 17:55

Melhor mostrar ūüôā

7h


10 h


11 h


13h


15 h

Tags: , ,


set 18 2007

Democratiza√ß√£o da Comunica√ß√£o ‚Äď RS

Categorias: comunicação,política,RSSuzana Gutierrez @ 06:12

Talvez seja a hora e a vez de antecipar o Tomanocu > day para uns e outros:

Tags: , ,


set 16 2007

Tomanocu > day

Categorias: políticaSuzana Gutierrez @ 17:49


Ser√° no dia 20 de Outubro a oportunidade de mandar l√° naquele lugar tudo ou todos aqueles que andam merecendo.

Informa√ß√Ķes:

Tomanucu Day

Lixo Tipo Especial
Alfarr√°bio

e em qualquer Blog perto de sua casa.

Tags:


set 09 2007

a day in a life

Categorias: rastrosSuzana Gutierrez @ 05:00

Ela reinava soberana entre o arquivo principal e o guich√™. Seus dom√≠nios foram sempre muito bem demarcados desde a long√≠nqua data onde ela fora designada para a min√ļscula escrivaninha entre a mesinha do caf√© e a porta. Seus dom√≠nios, agora, eram a sala toda.

Aquele posto inicial não se chamava mais escrivaninha, a mesinha do café sumira para o que eles agora chamavam de área de convívio. A escrava que ela fora um dia se transmutara em duas estagiárias que falavam demais e pareciam não saber da existência de nada que não estivesse no computador. Porém, até o dia de hoje, havia a segurança do guichê, as caras ansiosas dos requerentes e o seu poder de vida e de morte sobre os certificados, os atestados e as segundas chamadas.

A√≠, um dos vice- diretores n√£o sei de qu√™ (a ra√ßa havia se proliferado nos √ļltimos anos; muito cacique para pouco √≠ndio, diria o seu pai se vivo fosse) entra na sala cercado pela turma dos servi√ßos, com seus anal√≥gicos martelos, metros e serras e, analogicamente, o seu querido guich√™ sumiu.

(…wearing the face that she keeps in a jar by the door – cantarolava o seu c√©rebro sempre que se aproximava da grande janela)

– Ampliamos a rede, modernizaremos o atendimento aos alunos! – diz o vice-gordinho desinteressado, como se modernizar alguma coisa n√£o fosse um paradoxo. – Agora √© tudo online…. – repetia ele para as duas patetas que batiam as m√£ozinhas felizes. E a coisa foi por a√≠. O guri espinhento e escabelado da inform√°tica instalou mais dois terminais, n√£o respondendo, como sempre, nenhuma pergunta objetiva.

(Ah, look at all the lonely people …)

As patetas que s√≥ conhecem os verbos clicar, deletar, baixar, no √Ęmbito dos procedimentos de trabalho, ficaram perguntando (em v√£o) quando seria o treinamento. Ela que tivera uma forma√ß√£o √† antiga, no tempo em que alguns professores ainda chamavam o “quadro negro” de “pedra”, tinha desenvolvido um bom racioc√≠nio l√≥gico ( a peso de muitos zeros em matem√°tica, incans√°velmente recuperados) e, assim, estranhamente, n√£o se assustava com as manhas dos computadores e programas. Mas se ressentia da linearidade dos procedimentos, da insensibilidade dos fluxogramas e ah…, da falta do guich√™.

O estranho é que tudo parecia igual no campus: os mesmos hippies a se arrastar pelo pátio, com as mesmas roupas. Igual, se não fossem os reluzentes aparelhos nos dentes e os jeans de griffe que já vinham rasgados do shopping (ah o shopping). Igual, se não fosse os indefectíceis fones nos ouvidos e a torrente de obviedades que saia de suas bocas, quando elas se abriam.

( Where do they all belong ?)

Sem o guich√™, ningu√©m notou a sua falta no outro dia. Nem quando o fluxograma do computador da entrada indicou: 3¬ļ dia >> tem justificativa? >> n√£o >> descontar e o computador da se√ß√£o de pessoal registrou na data conveniente o abandono do emprego.

(No one was saved)

Tags:


set 06 2007

alvorada!

Categorias: fotografia,rastrosSuzana Gutierrez @ 03:16

O começo!

Tags: ,


set 04 2007

Lago da Redenção

Categorias: rastrosSuzana Gutierrez @ 05:00


lago, originally uploaded by suzzzinha.

A paisagem por lá é sempre verde. Um verde meio triste neste fim de inverno.

Minha semana foi de resistência. Frustração por não saber tanto quanto gostaria, receio de não compreender a exata dimensão de cada coisa. Quem educa vive na corda bamba mesmo. E as horas, os dias, o tempo flui inexoravelmente e o que cabe em 24h é, infelizmente, muito pouco.

Tags: