abr 23 2005

entre o papa e o equador

Categorias: sem categoriaSuzana Gutierrez @ 17:07

É bem um r i s c o andar escrevendo certas coisas bem na hora em que um Gutierrez está nas beiras de ser linchado, justamente na linha do equador. Porém, eu gostaria de registrar a minha surpresa pelo tanto que estão santificando, justificando e demonizando o novo papa, o ex-cardeal Ratzinger.

Estou surpresa com as repercussões justamente por ser tão óbvia a sucessão e por entender que o atual papa não fará nada além do que seu antecessor fez (?). Ou seja, cruzar as mãozinhas e abanar ao povo, manter as rédeas curtas e não tocar nem de leve naquilo que realmente faria diferença e que, de certa forma, importaria em que uma autoridade religiosa tocasse: o avanço da globalização neoliberal que causa a progressiva extensão da miséria, o crescimento da violência em nome da paz e do modo de vida ocidental e a permanência do poder e dos meios de produzir nas mãos de um grupo cada vez menor.

O papa está acima do equador, inclusive nasceu lá. Era difícil um papa daqui do sul e, mesmo que fosse, não faria diferença. Aqui, em pleno equador, justamente no Equador, o povo está na rua e a midia transmite o que quer e como quer, como sempre.
Bem, eu disse e espero que me po u pe m. Afinal, pelo jeito o novo papa não é pop, nem ciber, vai ver é cop

Technorati Tags: , , , , ,

Comments are closed.