mar 20 2005

Prototype by Crawford Killian e as dificuldades de usar blogs em educação

Categorias: sem categoriaSuzana Gutierrez @ 07:58

Crawford comentou no post onde falo sobre meu artigo:

My blog “Prototype” describes my own experiences with education blogs…which has not been very happy.
My current course blog “Destinations” (http://crofsblogs.typepad.com/tour/) has been useful but not very active. Another blog, “wReckage,” has become a site for my Recreation students to plan a trip to Vietnam: http://crofsblogs.typepad.com/wreckage/ — a much more interesting use of education blogging!

Visitando o edublog de Crawford pude observar algumas das queixas dele em relação ao uso de blogs na educação. As mesmas que diversos professores que usam blogs reportam: os estudantes não postam; não terminam as tarefas; não compartlham seus pensamentos e informações; não interagem com os colegas. No meu macarronic english tentei compartilhar algumas idéias que vieram de minha experiência com professores no [zaptlogs] e apontei uma das razões que eu vejo para estas dificuldades.

Vivemos numa cultura escolar onde as comunicações são verticais e lineares entre professor-aluno. Interações reativas, onde os estudantes reportam ao professor somente aquilo que é pedido e no formato em que é determinado. Enquanto isso, os professores reforçam este padrão ao determinarem caminhos fixos, ao inibirem a criatividade (dá trabalho e custa tempo lidar com criatividade). Assim, todos se acostumam a fazer apenas o que se espera deles. Os professores depositam os conteúdos, conforme manda o currículo, e os alunos colocam todas as pecinhas (disciplinas) nos seus devidos lugares, separadinhas e nem mais, nem menos.

Sei que isso não é uma regra geral, mas é um estado de coisas muito comum. Não há compartilhamento, não há inter(ação), a rede de sentidos fica estagnada. Aí o blog não funciona no projeto. Porém, um blog ajuda a transformar esta realidade, mas não por si só. Criar uma nova cultura requer um movimento inicial forte e é este movimento que se precisa estudar/planejar quando utilizamos blogs (ou wikis) na educação. É neste impulso inicial que eu vejo uma possibilidade naquela idéia do Steven Johnson onde de pequenas ações repetidas pode emergir um novo comportamento. Em certos aspectos pode parecer que beira Pavlov, mas se analisarmos bem, não.

Em tempo: neste blog de Crawford Killian tem muitas coisas interessantes, assim como no mais conhecido Writing for the Web. Vale uma visita 🙂

update: neste meu blog-gonzo, demorei mas achei um post antigo que se relaciona a este assunto.

Technorati Tags: , , , ,

Entradas Relacionadas

Comments are closed.